N
01
abr
2012

HellBoy – Caçada Selvagem

Gibas
//
Sem Comentários

hellboy caçada selvagem

Foi lançada no inicio do mês a hq HellBoy – A Caçada Selvagem, uma continuação da história O Clamor das Trevas, mas que possui enredo próprio e um desfecho satisfatório para qualquer leitor, ainda que ao final da leitura a sensação de querer ler muito mais do que as meras 192 páginas e a constatação que o calvário de Hellboy em tentar afastar o destino só está no início.

Um ponto interessante dessa história é que Mignola abre algumas “cortinas” já empoeiradas e revela fatos que estavam encobertos bem a vista dos leitores. Por que Hellboy utiliza armas de fogo? Se ele é um demônio, seus pais também eram? Por que ele está destinado a se tornar um rei no inferno? São perguntas que está hq em parte responde e em parte apenas alimenta a curiosidade.

Iniciada como uma tarefa simples para Hellboy, matar gigantes desordeiros em território britânico, a história de desdobra em algo muito maior e coloca à frente de nosso herói seu destino e inimigos já derrotados, que não almejam apenas vingança, mas a destruição de toda a humanidade. Com tempo para rever velhos amigos e enfrentar seus medos, o detetive sobrenatural segue sua jornada pelo território britânico, enquanto uma poderosa bruxa recém ressuscitada começa a reunir seu exército para marchar contra a humanidade.

De batalhas sangrentas a oponentes indestrutíveis, a narrativa nos apresenta personagens históricos que tornam a história cada vez mais empolgante. Como sempre Mignola surpreende a cada novo capítulo da história do demônio vermelho e com certeza, essa pode não ser melhor história do Hellboy que já li, mas é a mais empolgante e a que mais deixa aquele gostinho de quero mais!

Sobre a qualidade técnica da hq não é preciso dizer muita coisa, primeiro por que o Mignola é o meu autor favorito (pronto falei!) e segundo por que o Freguedo é um excelente artista e ainda tem as cores do Dave Stewart que puta que pariu meu deus viu! A paleta de cores utilizada na Hq é o mínimo necessário em uma edição desse tamanho e é possível igual às paletas das edições anteriores. Mesmo assim, cada personagem tem seus aspectos físicos tão bem definidos que é possível, só de olhar, dizer alguma característica psicológica daquele personagem.

Para dar um gostinho, ai vai algumas páginas:
hellboy caçada 01hellboy caçada selvagem 02hellboy caçada selvagem 03hellboy caçada selvagem 04

Só pra avisar, ao final da edição tem um caderno de esboços, que é ótimo pra entender como funciona o processo de criação de uma obra tão completa como são as hqs do Mignola.

Só faltou uma coisa nessa hq, a capa dura.

– Ficha Técnica:
Autor: Mike Mignola
Desenhos: Duncan Fegredo
Cores: Dave Stewart
Páginas: 192
Editora: Mythos

Nota

Nota-4


>> Comentários